Ementas das Disciplinas

Graduação em Teologia (Bacharelado) – Ementas das Disciplinas

As disciplinas apresentadas neste ementário fazem parte dos currículos de Graduação em vigor na PUC-Rio. As disciplinas são identificadas pela sigla do Departamento que as administra, seguida de um número de 4 algarismos, em que o milhar indica o nível em que a disciplina é ministrada. No caso de Graduação o algarismo 1.

A carga horária de cada disciplina é indicada por 3 números entre parênteses, separados por hífen, que significam, respectivamente: o número semanal de aulas teóricas, de exercício e de laboratório. Assim: (4-0-3) significa 4 horas semanais de aula teórica, ausência de aulas de exercício e 3 horas semanais de laboratório.

TEO 1240 Introdução ao Pensar Teológico – (4-0-0) 4
As relações entre fé e razão no discurso teológico. A evolução histórica do pensamento teológico cristão ocidental. As exigências e as tarefas atuais da Teologia na interação com a razão.

LET 1910 Análise e Produção de Texto Acadêmico – (4-0-0) 4
Análise da situação de comunicação na universidade e identificação do código e das estratégias discursivas adequadas a essa situação. Tipologia, propriedades e qualidades do texto acadêmico. 

TEO 1321 Introdução Geral à Sagrada Escritura – (4-0-0) 4
Visão geral da história do povo bíblico e dos seus escritos. A Bíblia como livro: línguas, transmissão escrita e oral, traduções antigas e conservação material dos textos, formação do AT e do NT. Coleções dos livros bíblicos, os cânones judaico, católico e protestante. A Bíblia como livro sagrado: a questão da revelação, inspiração e inerrância. Métodos de leitura crítica dos textos bíblicos: o método histórico-crítico e outros métodos de abordagem dos textos sagrados. Questões de hermenêutica.

TEO 1241 Teologia Fundamental – (4-0-0) 4
Revelação e fé: fundamentos da Teologia.; da apologética à teologia fundamental; o ponto de partida antropocêntrico: o ser humano, ouvinte da Palavra; a Escritura fonte da Revelação; a tradição e o magistério da igreja; a fé, seus condicionamentos e implicações.

TEO 1902 Língua Grega Bíblica I – (4-0-0) 4
Grego koiné do Novo Testamento: Alfabeto; noção de casos; particularidades do grego (acentos, espíritos e pronúncia). Morfologia: I e II declinações (artigo, substantivo, adjetivo, pronome) e verbos. Memorização das declinações e de léxicos. Tradução de frases do grego para o português. Elementos gramaticais de morfologia e sintaxe com o uso de exercícios e leitura com apoio nos evangelhos de João e Marcos.

TEO 1814 Método de Pesquisa em Teologia – (4-0-0) 4
A natureza da teologia. A teologia como ciência da fé. Objeto próprio e métodos. A identidade da teologia cristã. As fontes da teologia cristã. As tarefas do teológo (a).

TEO 1910 Língua Hebraica Bíblica I – (2-0-0) 2
Alfabetização. Transliteração. Leitura. Gramática: elementos de morfologia e sintaxe. Aquisição de vocabulário (cerca de 250 palavras).

TEO 1818 Teologia e Campo Religioso Brasileiro – (2-0-0) 2
P. Bourdieu e o conceito de campo religioso. O campo religioso brasileiro: transformações e continuidades. A questão do trânsito religioso, do sincretismo, da dupla pertença e do hibridismo. Catolicismo no Brasil. O Protestantismo histórico. Pentecostalismo e Neopentecostalismo. As religiões afrobrasileiras.   Secularização. Os “sem religião”. Perspectivas pastorais.

TEO 1322 Evangelhos Sinóticos e Atos dos Apóstolos – (4-0-0) 4
A natureza dos escritos: entre história e kerigma e a novidade do cristianismo. Formação dos evangelhos: comunidade pré-pascal, pós-pascal e redação. A questão sinótica e hipóteses de solução. História da interpretação: os evangelhos submetidos à crítica histórica. O panorama histórico, político, social e religioso da Palestina no século I. Introdução específica a cada um dos evangelhos sinóticos e Atos dos Apóstolos. Exegese utilizando o método histórico crítico.

TEO 1230 Cristologia – (4-0-0) 4
O conteúdo da cristologia é o ser e o tempo, a mensagem e o seguimento, o fazer e o padecer, a vida, a morte e a ressurreição de Jesus Cristo. O Curso parte da questão da busca do Jesus histórico, depois, se foca no itinerário percorrido por Jesus de Nazaré na etapa de sua vida terrestre. A seguir, é estudado o significado teológico da sua morte e ressurreição e, posteriormente, são analisadas as principais cristologias do Novo Testamento. Estuda as principais afirmações de fé da Igreja sobre Jesus Cristo buscando perceber a atualidade destas para o ser humano de hoje; aprofunda também, algumas afirmações sobre o mistério da Encarnação e por fim, como entender a Salvação de Jesus Cristo e como comunicá-la ao ser humano de hoje.

TEO 1323 Escritos Joaninos– (4-0-0) 4
O ambiente do gnosticismo: compreensão da gnôsis e sua interrelação com o cristianismo. A tradição: o lugar e o pensamento da comunidade do Apóstolo João; Textos: evolução do pensamento joanino em relação aos sinóticos; estudos das camadas redacionais em João; aproximação da teologia de João com Lucas; Apocalipse: a situação dos cristãos sob o império romano no final do I e início do II séc. dC.; exegese de textos seletos e a teologia da resistência.

TEO 1325 Introdução ao Pentateuco – (4-0-0) 4
Apresentação-discussão das novas abordagens sobre o processo de formação do Pentateuco (abordagem diacrônica). Estudo sistemático de cada livro segundo a sua apresentação canônica (abordagem sincrônica). Leitura e análise de textos seletos.

TEO 1231 Deus da Revelação – (4-0-0) 4
A reflexão cristã sobre o mistério de Deus: partir da Revelação. O pensamento e o discurso sobre Deus em uma era secular e plural. O Deus da Bíblia: henoteísmo, monolatria, monoteísmo; Deus no Novo Testamento: Jesus de Nazaré e a experiência do Espírito Santo. A fé trinitária: os Concílios e os símbolos da fé. A fé trinitária hoje: questões abertas e provocações da fé.

TEO 1242 Antropologia Teológica I – (4-0-0) 4
Reflexão sistemático-pastoral sobre o ser humano à luz da Revelação cristã, sua identidade, os desafios históricos a esta identidade e as implicações pessoais, sociais e ambientais desta identidade, para o atual momento da história humana, caracterizado por uma mudança epocal. Destaque para a condição criatural do ser humano e a relação com o pecado.

TEO 1326 Literatura Profética – (4-0-0) 4
O fenômeno profético no Antigo Oriente Próximo e particularmente em Israel: conceituação; o fenômeno no Antigo Oriente Próximo; terminologia bíblica para figuras proféticas. Os profetas e os livros proféticos: aspectos diacrônicos e sincrônicos. Os livros proféticos: Isaías; Jeremias; Ezequiel; os Doze Profetas. Exegese de textos seletos.

TEO 1328 Escritos Paulinos e Carta aos Hebreus – (4-0-0) 4
Situação: ambiente sócio-histórico-político e religioso do século I dC. Localização histórica, cultural e religiosa do apóstolo Paulo. Escritos: estilos e formas das escrituras no mundo greco-romano. Introdução a cada uma das cartas paulinas. Exegese de textos seletos. Estudo dos principais temas da teologia paulina. Introdução à carta aos Hebreus.

TEO 1238 Pneumatologia – (2-0-0) 2
Investigação da ação vivificante do Espírito Santo à luz da revelação bíblica do Antigo e do Novo Testamento. A experiência do Espírito na teologia patrística da “ecclesia orans”. A espiritualidade e o testemunho cristão como uma expressão da vida segundo o Espírito. O Espírito Santo na teologia conciliar e latino-americana. A abordagem histórica da presença do Espírito na história e no mundo.

TEO 1329 Livros Históricos do Antigo Testamento – (2-0-0) 2
Introdução aos Livros Históricos do Antigo Testamento. Análise de textos seletos. Apresentação e análise dos resultados obtidos pela arqueologia e pela história comparada, que contribuem para uma melhor compreensão do antigo Israel.

TEO 1258 Sacramentos I – (2-0-0) 2
A dimensão sacramental existente na Igreja: suas origens, fundamentos e estrutura dogmática, sistemático-pastoral. A relação do mistério salvífico contido nos sacramentos. A sacramentalidade de Cristo e a sua incidência eclesiológica: a sacramentalidade da Igreja. Fundamentação pneumatológica dos sacramentos e sua compreensão atual. Os sacramentos como sinais sensíveis da ação de Deus na vida humana.

TEO 1328 Escritos Paulinos e Cartas aos Hebreus – (4-0-0) 4
Localização histórica, cultural e religiosa do apóstolo Paulo. Introdução a cada uma das cartas paulinas. Exegese de textos seletos. Estudo dos principais temas da teologia paulina. Introdução à carta aos Hebreus.

TEO 1411 Moral Fundamental – (4-0-0) 4
Teologia Moral e novos paradigmas: balizas para o estudo e a pesquisa em Teologia Moral nos dias de hoje; Crise ético-moral em nossa sociedade; Resgate dos grandes referenciais e respectivo estatuto epistemológico; As fontes da moral; A fonte cristã e seus desdobramentos históricos; A fonte cristã e suas coordenadas básicas; Fundamentação antropológica; Lei natural e natureza humana. As normas morais; As virtudes; O chamado de Deus e a resposta humana.

TEO 1246 Antropologia Teológica II – (4-0-0) 4
Tema central: a salvação de Cristo. A iniciativa salvífica de Deus em Jesus Cristo (oferta da graça). A aceitação da salvação pela liberdade humana: a orientação fundamental da vida para o amor e a justiça. Dimensões da existência cristã: martirial, trinitária, sociocultural, ecológica. Dimensões universal e cósmica da salvação de Jesus Cristo. A força libertadora da autocomunicação de Deus Trino em e mediante Jesus Cristo. A experiência da “nova criatura” (graça).

TEO 1259 Sacramentos II – (4-0-0) 4
A iniciação à vida cristã. A teologia do Batismo. A teologia da Confirmação. A teologia da Eucaristia. Problemas atuais da pastoral da iniciação à vida cristã. A inspiração catecumenal de toda pastoral.

TEO 1236 Teologia Pastoral I – (2-0-0) 2
Os fundamentos da prática ou ação que deriva do ato de fé. A constituição histórica da pastoral ou prática como disciplina teológica. Especificidade da Teologia Pastoral no sistema teológico. Atuais exigências. Estatuto epistemológico e principais métodos.

TEO 1235 Teologia da Espiritualidade – (4-0-0) 4
A experiência espiritual pessoal e comunitária no diálogo permanente entre a iniciativa de Deus que chama a uma relação pessoal com Ele e a resposta da pessoa que envolve a totalidade das suas faculdades e capacidades. A reflexão sobre a experiência de Deus ao longo da tradição até o surgimento da Teologia Espiritual. As diversas escolas de espiritualidade. A  oração cristã como expressão desse diálogo entre Criador e criatura.

TEO 1518 História da Igreja II – (4-0-0) 4
As causas e o surgimento da Reforma (Luterana, Calvinista e Anglicana). A Reforma Católica e a Contra-Reforma. O Concílio de Trento e a sua implementação. A cristandade e as estruturas da sociedade. O início da Igreja no Continente americano. A Igreja e a emergência da sociedade liberal. A centralização romana do Século 19. O ensinamento social da Igreja. A relação entre fé cristã e ciência. A crise modernista. A ‘nova cristandade’; O Concílio Vaticano II. A Igreja pós-conciliar.

TEO 1410 Ética da Sexualidade e Bioética – (4-0-0) 4
Parte I: Ética da Sexualidade e contemporaneidade, Magistério Eclesial pós-Conciliar. Fundamento antropológico-cristão. Educação para a vida. Perspectivas pastorais. Parte II: Bioética: surgimento e desdobramentos conceituais. Fundamentos antropológicos. Princípios e Modelos. Magistério Eclesial. Biotecnologias. Os Comitês: de Bioética e em Pesquisa em Seres Humanos. Desafios emergentes.

TEO 1260 Sacramentos III (Reconciliação e Unção dos Enfermos) – (2-0-0) 2
Os sacramentos da Penitência e da Unção dos Enfermos, a partir das concepções e práticas atuais, da tradição bíblica e da evolução histórico-eclesial. Aspectos relativos à sacramentalidade em sua relação com a dimensão teológica,  eclesial e antropológica, com ênfase na condição humana marcada pelas fraquezas e enfermidades que atingem a totalidade do ser humano

TEO 1815 – Liturgia I – (4-0-0) 4
Investigação da natureza da liturgia à luz da Constituição litúrgica Sacrosanctum Concilium. Pesquisa bíblica da liturgia (Antigo e Novo Testamento). A teologia patrística da “ecclesia orans”. Abordagem histórica da liturgia. Espiritualidade, catequese e pastoral da liturgia segundo a teologia conciliar e latino-americana.

TEO 1261 Sacramentos IV (Ordem e Ministérios) – (2-0-0) 2
A partir do tema da ministerialidade da Igreja, estudar o sacramento da Ordem numa perspectiva bíblico-histórico-dogmática.

TEO 1519 História da Igreja no Brasil – (2-0-0) 2
Os primórdios da evangelização no Brasil. A ação dos missionários. O Padroado Régio. A vivência popular da fé. As associações leigas. Os conflitos com o Império. O papel das ordens religiosas. O processo de romanização. O advento da República. O catolicismo social. O papel do laicato. A renovação após o Concílio Vaticano II e as transformações recentes do cenário religioso.

TEO 1413 Moral Social, Política e Econômica – (4-0-0) 4
A questão Social, economica e cultural na contemporaneidade; A Opção pelos Pobres:  perspectiva  bíblica, patrística, medieval e do Magistério da Igreja. A Doutrina Social da Igreja: pressupostos, apresentação sistemática dos documentos, princípios, valores e critérios de juízo; Temas de atualidade.

TEO 1714 Direito Canônico I – (4-0-0) 4
Noções sobre o mundo jurídico em geral e particularmente a dimensão jurídica eclesial. O Direito Canônico na realidade sócio-eclesial. Breve História do Direito Canônico. Organização do Povo de Deus: o fiel cristão. Os direitos e deveres dos fieis, dos clérigos e da vida consagrada.  Aspectos teológico-jurídicos da Igreja universal e das Igrejas particulares. A organização da Igreja universal (Romano Pontífice e Colegialidade Episcopal, Cúria Romana) e das Igrejas particulares (bispo diocesano, conselhos, paróquias).

TEO 1635 Seminário de Monografia – (2-0-0) 2
Motivação e método na pesquisa. Gêneros de textos acadêmicos. A monografia: definição e estrutura.  Escolha de tema e preparação de um projeto. Pesquisa do material e fichamentos. Adaptações no projeto. Redação do texto: primeira redação e redação definitiva. Bibliografia e referências bibliográficas. Revisão e acabamento do trabalho.

TEO 1252 Escatologia – (2-0-0) 2
A Escatologia enquanto Esperança. Os fundamentos bíblicos e teológicos da Escatologia. A Escatologia do mundo (Coletiva) e a Escatologia da pessoa (Individual). Questões atuais da Escatologia.

TEO 1262 Sacramentos V (Matrimônio) – (2-0-0) 2
Fundamentação Bíblica e do Magistério com relação ao matrimonio cristão: no Antigo Testamento, no Novo Testamento, na Patrística, no Vaticano II. Perspectivas teológicas: o amor, a sexualidade, a espiritualidade. Valores essenciais do matrimonio: unidade, fecundidade, indissolubilidade, fidelidade. O matrimonio como sacramento. Missão da família na atualidade.

TEO 1816 Liturgia II – (4-0-0) 4
Investigação da tríade constitutiva da Constituição litúrgica “Sacosanctum Concilium”: Sacramentos, ano litúrgico e liturgia das horas. A teologia litúrgica da “Sacosanctum Concilium” como ponto de partida e paradigma para o estudo bíblico, patrístico, catequético e pastoral desses temas.

TEO 1813 Ecumenismo – (2-0-0) 2
Aspectos conceituais: conceito de ecumenismo e de diálogo inter-religioso. Aspectos históricos: o movimento ecumênico e a participação católica. Aspectos teológicos: desígnio de unidade; unidade e diversidade; laços de comunhão. Concretização do ecumenismo e aspectos pastorais: ecumenismo espiritual; diálogo ecumênico; colaboração na sociedade. Dificuldades e perspectivas.

TEO 1330 Literatura Intertestamentária e Apocalíptica – (2-0-0) 2
Mapeamento da literatura bíblica e extra-bíblica entre o séc. II a.C e o séc. II d.C. A apocalíptica: conceito; o livro de Daniel. Importância cultural e literária da diáspora judaica; a tradução da Setenta. Grupos religiosos dentro do antigo Judaísmo, em particular o grupo de Qumran. A literatura não-canônica do antigo Judaísmo.

TEO 1817 Teologia e Diálogo Inter-religioso – (2-0-0) 2
Noções: liberdade religiosa; identidade; tolerância; diálogo. Tópicos bíblicos, teológicos e pastorais sobre: o cristianismo em face de outras religiões; a questão de diálogo e anúncio. Temas especiais para o diálogo: paz; justiça, ecologia; experiência religiosa.

TEO 1715 Direito Canônico II – (4-0-0) 4
A realidade jurídico-teológica dos sacramentos em geral. Os sacramentos da Igreja latina sob o ponto de vista teológico-jurídico: Batismo, Crisma, Eucaristia (sacramentos de iniciação cristã), Penitência, Unção dos enfermos e Ordem. O matrimônio canônico na Igreja latina. Os impedimentos canônicos, os vícios do consentimento e a forma canônica. Estudo comparado do matrimônio no Código de Direito Canônico e o casamento no Código Civil Brasileiro. Noções básicas do Direito matrimonial das Igrejas Orientais.

TEO 1650 Seminário Sistemático-Pastoral – (2-0-0) 2
O impacto da atual sociedade no cristianismo. Serão estudados temas como: noção e cultura, gênese da atual sociedade, individualismo e sociedade, emergência da subjetividade, inculturação da fé, pastoral numa cultura plural, crise das instituições, insuficiência da linguagem tradicional sobre Deus, transmissão da fé no atual contexto, unidade da fé na pluralidade de leituras.

TEO 1257 Mariologia – (2-0-0) 2
O horizonte teológico aberto pelo Concílio Vaticano II e as interpelações pastorais do contexto latinoamericano. Maria segundo as Escrituras. Abordagem histórico-dogmática. Reflexão sistemática, significados de Maria para a fé cristã. Maria na vida da Igreja e na espiritualidade: liturgia, invocação, devoções. Magistério latinoamericano. Expressões populares do marianismo na América Latina e no Caribe. Questões pastorais.

TEO 1640 Seminário Sagrada Escritura – (2-0-0) 2
Conteúdo variável.

TEO 1237 Teologia Pastoral II – (2-0-0) 2
Os atuais temas de Teologia Pastoral Especial e Aplicada. O planejamento pastoral. A ação evangelizadora. A catequética. A pregação e homilia. A diaconia. O testemunho cristão.

TEO 1239 Monografia – (2-0-0) 2
Apresentação de um trabalho científico sobre um tema teológico, sob a orientação de um professor.

TEO 1637 Síntese (Exame) – (0-0-0) 12
Síntese dos conteúdos dos Tratados Teológicos.

TEO 0120 – Optativas do Curso de Teologia (02 créditos)

TEO 1331 Hermenêutica Bíblica – (2-0-0) 2
Reconhecimento e análise das principais fontes da hermenêutica bíblica. Evolução na história da formação, ampliação e amadurecimento dos instrumentos e métodos de interpretação da Bíblia. A discussão sobre os métodos de abordagem científica da Bíblia. As várias abordagens experimentadas: histórica; sociológica; antropológica; cultural; psicológica; filológica; linguística; teoria da literatura e comunicação humana.

TEO 1636 Seminário de História da Espiritualidade – (2-0-0) 2
O seminário consta de pesquisa, discussão e debate sobre as principais escolas ou textos clássicos da espiritualidade cristã, considerando-se os períodos patrístico, medieval, moderno, contemporâneo Vaticano II e pós-Vaticano II e a espiritualidade latino-americana. Adota, em sua metodologia, uma perspectiva antropológica integradora e relacional, considerando as perguntas levantadas pelo contexto atual.

TEO 1716 Administração Paroquial – (4-0-0) 4
Estudo dos aspectos canônicos e civis relativos à administração da instituição paroquial, especialmente no que diz respeito à gestão dos bens temporais da Igreja, aos processos prévios e registros posteriores dos sacramentos do Batismo, Crisma e Matrimônio, bem como as implicações da legislação secular (civil, fiscal, trabalhista e criminal).

TEO 1819 Aconselhamento Pastoral – (2-0-0) 2
A prática do aconselhamento pastoral no contexto das Igrejas Cristãs. Modelos da prática de Aconselhamento Pastoral. O Aconselhamento Pastoral na Igreja Católica. Ministerialidade e Aconselhamento Pastoral. A formação necessária para os agentes pastorais envolvidos na prática do Aconselhamento Pastoral. Possibilidades da prática do Aconselhamento e estudo de experiências concretas. Novas dimensões: Aconselhamento Pastoral e mediação de conflitos.

TEO 1907 Língua Grega Bíblica II – (2-0-0) 2
Morfologia: III declinação (substantivo; adjetivo, pronome; numeral); verbos; preposições, conjunções. Sintaxe: os casos; aspectos verbais; períodos compostos. Tradução e análise morfossintática de Mc 1-2. Memorização das declinações e de léxicos. A semântica do grego do NT.

TEO 1908 Grego Avançado I – (4-0-0) 4
Relação da morfologia e sintaxe gregas com o português: Casos e declinações. Morfologia: palavras variáveis e invariáveis. As três declinações gregas: substantivos, adjetivos, pronomes e numerais; verbos presente, imperfeito, futuro e aoristo na voz ativa, média e passiva. Sintaxe: as preposições e os casos regidos; os períodos compostos; os aspectos verbais. Leitura de Textos do novo Testamento. Tradução com análise morfológica e sintática de textos de Mc.

TEO 1909 Grego Avançado II – (4-0-0) 4
Verbos: perfeito e mais-que-perfeito nas vozes ativa e médio-passiva; tabela dos verbos em todos os tempos, modos e vozes. Conclusão do estudo dos verbos: regulares, contractos e irregulares. Estudo TEO do paradigma completo dos verbos em mi. Sintaxe dos casos, verbos e preposições. Tradução e análise morfossintática de Mc 14 – 16,8; Rm 8; 1Tm 3, 1-7. Estratégias comunicativas dos textos. Semântica do grego koiné do NT.

TEO 1911 Língua Hebraica Bíblica II – (2-0-0) 2
Os modos e as conjugações do verbo em hebraico. Análise das formas verbais. Tradução de períodos simples. Elementos de morfologia e sintaxe. Aquisição de vocabulário.

TEO 1912 Hebraico Avançado I– (4-0-0) 4
Elementos de morfologia. Sistema de transliteração. Leitura, análise de termos e tradução de períodos breves. Aquisição de vocabulário, com base em alguns textos de Dt 1-11.

TEO 1913 Hebraico Avançado II – (4-0-0) 4
Estudo dos modos e das conjugações do verbo em hebraico; análise das formas verbais, tradução de períodos mais longos e mais complexos em textos de média dificuldade, com base em alguns textos de Genesis; Juízes; Rute; Salmos.

TEO 0121 – Optativas de Filosofia para Teologia I (16 créditos)

FIL 1000 Introdução à Filosofia – (4-0-0) 4
Reflexão filosófica sobre a Filosofia: suas origens, objetos, métodos e divisões em disciplinas.

FIL 1222 História da Filosofia Medieval – (4-0-0) 4
Estudo das principais questões, metafísicas, cosmológicas e gnosiológicas e das soluções propostas pela filosofia no período compreendido entre a Patrística e o século XV.

FIL 1225 História da Filosofia Contemporânea – (4-0-0) 4
As principais correntes da filosofia contemporânea: fenomenologia, existencialismo, pós-estruturalismo, hermenêutica, desconstrutivismo, filosofia analítica.

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o problema de Deus no mundo de hoje. As correntes históricas que o determinam, suas aporias, tentativas de superação e impasse a que chegam. O caminho de solução.

TEO 0122 – Optativas de Filosofia para Teologia II (24 créditos)

FIL 1220 História da Filosofia Antiga I – (4-0-0) 4
Estudo do desenvolvimento do pensamento filosófico grego desde suas origens: dos pré-socráticos a Platão (inclusive).

FIL 1221 História da Filosofia Antiga II – (4-0-0) 4
Estudo da obra de Aristóteles através da abordagem dos principais temas de sua filosofia.

FIL 1223 História da Filosofia Moderna – (4-0-0) 4
Estudo das principais questões e das soluções propostas pela filosofia em vigor no período entre o século XVIII: o empirismo, o racionalismo e o ceticismo.

FIL 1224 História da Filosofia Moderna II – (4-0-0) 4
Estudo das principais questões e das soluções propostas pela filosofia em vigor nos séculos XVIII e XIX, em especial o idealismo transcendental e o idealismo absoluto.

FIL 1302 Teoria do Conhecimento – (4-0-0) 4
Análise das principais questões e tipos de abordagens referentes ao problema do conhecimento. Natureza e método do problema crítico. Discussão sobre “a verdade” do conhecimento. O “conhecimento” nas principais concepções da filosofia.

FIL 1400 Filosofia Geral I – (4-0-0) 4
Análise de questões metafísicas como: substância, causalidade, unidade, identidade, multiplicidade.

FIL 1600 Antropologia Filosófica – (4-0-0) 4
Reflexão filosófica sobre o homem. Discussão do problema da subjetividade e de seus fundamentos ontológicos.

FIL 1700 Ética I – (4-0-0) 4
Análise da experiência moral: a dialeticidade da condição humana, a ação, a felicidade, o finalismo do agir, os valores, a obrigação e a sanção. Interpretações da experiência moral: principais correntes do pensamento ético. A essência e o fundamento da moralidade. A ordem moral objetiva: prescritividade, universalidade e variedade das normas morais; a lei natural; o direito e a moral.

FIL 1002 Filosofia da Ciência – (4-0-0) 4
O objetivo da disciplina é estimular a reflexão do aluno sobre as condições de elaboração dos conhecimentos científicos e proporcionar-lhes as bases conceituais para o entendimento dos fundamentos antropológicos e epistemológicos sobre os quais se apoiam as ciências e seus métodos.

FIL 1006 História do Pensamento – (4-0-0) 4
Estudo das diversas abordagens desenvolvidas no curso da história sobre o tema do homem no mundo, com o objetivo de estimular uma reflexão filosófica sobre o assunto.

FIL 1210 Corrente do Pensamento Contemporâneo – (4-0-0) 4
Estudo de autores que imprimiram tendências específicas ao debate filosófico da atualidade.

FIL 1211 Corrente do Pensamento Contemporâneo II – (4-0-0) 4
Estudo de autores que imprimiram tendências específicas ao debate filosófico da atualidade.

FIL 1212 Corrente do Pensamento Contemporâneo III – (4-0-0) 4
Estudo de autores que imprimiram tendências específicas ao debate filosófico da atualidade.

FIL 1303 Teoria do Conhecimento II – (4-0-0) 4
Estudo sobre o problema do conhecimento conforme as tendências que assume no pensamento contemporâneo.

FIL 1304 Lógica I (Introdução) – (4-0-0) 4
Relação da lógica com as questões centrais da filosofia, com ênfase nos aspectos epistemológicos (justificação, dedução, definição), aspectos metafísicos (verdade, essência, individuação) e aspectos lingüísticos (termo, proposição, juízo, forma lógica). Noções do desenvolvimento histórico da lógica de Aristóteles a Frege.

FIL 1332 Epistemologia da Ciência I – (4-0-0) 4
As ciências empíricas modernas, que se constituíram no inicio do século XIX e o projeto clássico de ciência, característico dos séculos XVII e XVIII. A relação entre ciência e filosofia.

FIL 1401 Filosofia Geral II – (4-0-0) 4
Análise das questões de que trata a metafísica, em especial as noções de espaço, tempo, finito e infinito.

FIL 1500 Filosofia da Natureza – (4-0-0) 4
Estudo sobre o problema da natureza na tradição filosófica. O problema do conhecimento da natureza do ponto de vista de sua fundamentação metafísica; a crítica à fundamentação metafísica e o questionamento sobre a possibilidade do conhecimento da natureza.

FIL 1601 Antropologia Filosófica II – (4-0-0) 4
Reflexão filosófica sobre as questões relativas ao problema da subjetividade e de seus fundamentos ontológicos.

FIL 1701 Ética II – (4-0-0) 4
Aprofundamento da análise e interpretação da experiência moral. Questões controvertidas de ética. Natureza das normas de moralidade. Interpretação dos princípios morais.

FIL 1801 Filosofia da História – (4-0-0) 4
Estudo sobre o sentido da ação humana e as relações entre a natureza e a cultura. As diversas teorias sobre a cultura: interpretação fenomenológica; interpretação dialética; interpretação estruturalista; interpretação psicanalítica; interpretação cristã. As tendências da cultura contemporânea: cultura e civilização do trabalho; cultura e técnica; cultura e ideologia.

FIL 1802 Filosofia da Linguagem – (4-0-0) 4
Natureza e função da linguagem. Linguagem formal e linguagem ordinária: aspectos lógicos, sintáticos, semânticos e pragmáticos.

FIL 1803 Filosofia da Arte – (4-0-0) 4
Análise filosófica dos problemas estéticos; significação das formas de arte; a vivência estética.

FIL 1813 Filosofia Social – (4-0-0) 4
Níveis do social; solidariedade e historicidade; o bem comum; antropologia filosófica e o social; fato e significação da socialização; significação do trabalho; fundamentos de uma ética do desenvolvimento.

FIL 1814 Filosofia Política – (4-0-0) 4
Análise das doutrinas filosóficas sobre a política. Natureza , origem, constituição e finalidade da comunidade política. As formas de governo. Ética e Política.

FIL 1815 Estética I – (4-0-0) 4
Teoria da arte; a problemática que envolve a produção da obra de arte; natureza da criatividade; conceitos característicos das diferentes concepções da obra e arte. Relação entre arte e sociedade. O conceito de arte.

FIL 1816 Estética II – (4-0-0) 4
Discussão sobre o problema do belo nas diferentes correntes do pensamento filosófico.

ELU 0900 – Eletivas fora do Departamento (06 créditos) – Disciplinas sugeridas

LET 1801 Língua Brasileira de Sinais I  – (2-0-0) 2
Familiarização do licenciando com o mundo da surdez. O sujeito surdo em um mundo ouvinte. Apresentação e desenvolvimento da língua brasileira de sinais. Libras como língua legitima da comunidade surda e os sinais como alternativa natural para a expressão lingüística. A língua portuguesa como uma segunda língua, instrumental para o desenvolvimento da leitura e escrita pelo aprendiz surdo.

LET 1802 Língua Brasileira de Sinais II  – (2-0-0) 2
Características da língua brasileira de sinais (libras) e sua importância no desenvolvimento social e discursivo dos surdos. A perspectiva da surdez sob uma ótica antropológica. O surdo como um sujeito capaz de desenvolver suas potencialidades.

HIS 1604 História Econ. Soc. Política do Brasil A – (4-0-0) 4
A colonização da Época Moderna. Identidades, hierarquias e ordem na sociedade escravista colonial. Tensões sociais e cultura política. Sociabilidades na expêriencia colonial. A emancipação politica e a construção do Estado Imperial. Viagens científicas, movimento romântico: imagens de Brasil. A escravidão e os diferentes sujeitos na sociedade imperial. A formação da nacionalidade e as tensões sociais. A crise do regime monárquico-escravista.

HIS 1605 História Econ. Soc. Política do Brasil B – (4-0-0) 4
A experiência histórica da República Brasileira. A pluralidade de projetos republicanos e as ações: ideais, conflitos e práticas. Autoritarismo e Democracia: conceituação e exercício no Brasil. Memória, identidade e cidadania: caminhos da inclusão e da exclusão na sociedade brasileira.

HIS 1324 História do Mundo Contemporâneo – (4-0-0) 4
O cenário mundial após a Segunda Grande Guerra: a cultura da Guerra Fria. As contestações e novas alternativas políticas nas décadas de 1960 e 1970. A crise das experiências socialistas. Desenvolvimento tecnológico e globalização. Os conflitos étnico-religiosos: o debate Ocidente/Oriente. Espaço, tempo e nação no final do século XX.

SOC 1302 Antropologia Cultural – (4-0-0) 4
Cultura como rede de significados compartilhados. Cultura como expressão política da inserção social dos diferentes grupos que compõem a sociedade: a ideia de diversidade. O olhar distanciado e a observação participante: a metodologia do trabalho de campo. Relativismo e etnocentrismo: a utilização do conceito de cultura para compreensão da relação entre diferentes grupos sociais.

SOC 1143 Religião e Sociedade – (4-0-0) 4
Religião e modernidade. A construção social da vida religiosa. O sagrado e o profano. Individualismo e ética da salvação. O racionalismo e o desencantamento do mundo. Análise de teodiceias específicas. Diversidade religiosa. Esfera religiosa e esfera social. Organização social do campo religioso. Campo religioso no Brasil. Religião e política. Religião e fundamentalismo.

COM 1721 Semiologia e Comunicação – (2-0-0) 2
Semiologia dos discursos da comunicação. Textura, texto e marcas de produção de sentido. Os códi-gos visuais: do audiovisual e do objeto. Uso dos códigos: ideologia, retórica e práticas discursivas.

JUR 1004 Direito Romano – (2-0-0) 2
Atualidade dos estudos de direito romano. Situação do direito romano no quadro da história do direito. Especificidades do direito romano. Óticas para o seu estudo. História Externa: realeza, república, principado e dominato; respectivas fontes de direito (costume, Lei das XII Tábuas, direito pretoriano, jurisprudência, senatoconsultos, constituições, Corpus Juris Civilis). História Interna: conceitos e institutos nos campos do direito civil (pessoas, obrigações, família, sucessão), dos direitos processual, tributário, penal político e internacional. Legado romanístico do direito brasileiro. Constituição e expansão do sistema jurídico romano-germânico.

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro

FIL 1804 Filosofia da Religião – (4-0-0) 4
Introdução à meditação sobre o pro